Qual é o motivo para tanta raiva?

Reading time: 1 minute

Qual é o motivo para tanta raiva? Leia essa breve matéria e deixe a sua opinião.

Qual é o motivo para tanta raiva? Leia essa breve matéria e deixe a sua opinião. Viciados em propina e poder

Encontramos essa imagem na internet e ficamos pensando a respeito. E o que nos parece é que já tentaram acusar o atual presidente de tudo.

Já acusaram de racista, homofóbico, e uma série de outras coisas, mas pelo visto todas essas acusações não conseguiu se sustentar.

Certa vez o presidente irado com tudo isso, disse aos seus acusadores, “me acusem de corrupto”. Bom, dai já deu pra entender ne.

Não conseguem acusar o atual presidente de corrupção. A moda agora é chamar o mesmo de genocida, entretanto fazendo pesquisas podemos ver que também não existe fundamento para tal acusação.

Recentemente Felipe Neto chamou o presidente Jair Messias Bolsonaro de genocida, e outros foram em defesa de Felipe Neto.

Mas tudo precisa ser bem analisado, precisa ser ponderado com cautela para que não se cometa equívocos.

Por que Bolsonaro esta sendo chamado de genocida? Será por que ele é contra o lockdown? Na verdade o que temos visto é que o presidente não é contra o lockdown, mas sim contra de forma generalizada.

Recentemente vimos como Maju Coutinho falou a respeito do assunto, o que causou a revolta de muitas pessoas. Por isso temos que pensar com calma a respeito de tudo o que esta acontecendo.

Viciados em propina e poder

Apenas um exemplo que podemos ver e que esta ai na internet para quem quiser ver.

O ex-governador do RJ Sérgio Cabral disse ser viciado em propina e poder. Sim isso mesmo, ele até disse que esse era o erro dele, como você pode ver neste vídeo.

Veja que no vídeo logo no início dos 2 minutos do vídeo ele reconhece que isso é um vício.

Será que isso que o Sergio Cabral disse é uma realidade de muitos líderes da nossa nação? Ou será que ele falava apenas de sim mesmo?

Deixe a sua opinião caro leitor, pois a mesma é muito importante. Até mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *